Vida de caminhoneiro: os problemas mecânicos mais comuns nos caminhões

Como já destacado aqui no blog, a vida de caminhoneiro apresenta alguns problemas.

Essas adversidades vão desde a distância da família até problemas técnicos com o veículo. 

Sendo assim, veja, a seguir, os problemas mecânicos mais comuns nos caminhões e aprenda a se prevenir. 

Principais problemas mecânicos que os caminhoneiros enfrentam

1. Resistência do motor

Um dos principais problemas mecânicos que os caminhoneiros enfrentam é a perda de força do motor. 

É essa força que possibilita que o caminhão possa, mesmo com grandes cargas, subir ladeiras íngremes. 

No entanto, após algum tempo, o caminhão perde a totalidade dessa força devido a algumas questões, tais como:

  • uso de combustível de baixa qualidade;
  • injetores comprometidos;
  • filtro de ar e diesel entupido;
  • deterioração dos pistões e anéis entre – entre outros problemas. 

2. Estabilidade do caminhão

Outro problema muito comum é a perda de estabilidade do veículo, a qual é causada por problemas no seu sistema de suspensão. 

Tal sistema é responsável por reduzir o impacto do automóvel no solo, impedindo que o caminhão balance. 

Infelizmente, a perda de estabilidade é um problema recorrente por causa da baixa qualidade do asfalto, que prejudica a suspensão do veículo.

3. Troca de marcha

Mais um problema habitual é o enrijecimento das marchas, o que dificulta a sua troca. 

Esse impasse pode ser ocasionado tanto pela deterioração da embreagem, que ocorre com o passar do tempo, quanto por falhas no sincronizador. 

4. Presença de fumaça

A presença de fumaça com determinadas cores é sinal de alguns problemas. Se a fumaça for escura, poder estar ocorrendo os seguintes impasses:

  • queima desequilibrada de diesel;
  • filtro de ar entupido;
  • problemas na bomba injetora;
  • combustível de baixa qualidade – entre outros.

Agora, se a fumaça for clara, isso indica problema decorrente de baixa temperatura ou presença de umidade ou água no combustível.

Por último, se a fumaça for branca, mas com tonalidade azulada, significa que o óleo lubrificante está sendo queimado com o óleo diesel. 

Isso pode acontecer devido a problemas:

  • nos anéis dos cilindros;
  • no sistema de compressão;
  • na potência;
  • nas guias de válvulas;
  • no excesso de óleo no motor;
  • na turbina.

5. Freios

Os freios são fundamentais, principalmente em estradas muito acidentadas.

O não funcionamento dessas peças representa um alto risco tanto para o caminhoneiro quanto para os demais motoristas.

Portanto, caso você perceba que o freio está “fofo”, pode ser sinal de que o tambor e a lona de freio esquentaram muito.

Isso ocorre quando se utiliza apenas o freio do caminhão ao invés de usar o freio motor e reduzir a velocidade do veículo ao descer uma serra.

Isso superaquece o tambor e a lona de freio, fazendo com que não haja mais atrito entre eles.

Vida de caminhoneiro: como evitar problemas mecânicos

Como pôde perceber, muitos dos problemas listados acima são decorrentes do desgaste de diversas peças.

Sendo assim, para evitar essas complicações mecânicas, priorize a manutenção preventiva ou preditiva.

Elas são muito mais econômicas do que a manutenção corretiva por serem realizadas antes dos problemas serem agravados e gerarem maiores custos.

Conheça a Center Peças Fabbri

A Center Peças Fabbri é uma empresa que atua há mais de 50 anos no setor automobilístico e conhece bem como é a vida de caminhoneiro.

Portanto, se você é motorista de caminhão e deseja peças e serviços específicos para o seu veículo, entre em contato

A Center Peças Fabbri garante peças e serviços de qualidade por um preço justo para que você possa cuidar melhor da sua segurança no trânsito.