Alinhamento e balanceamento: veja porque carros precisam

alinhamento e balanceamento

O Brasil é um país muito conhecido por seu clima tropical e suas belezas naturais. Dessa forma, qualquer um que pegar um veículo e colocar o pé na estrada poderá ver todas essas maravilhas da natureza.

Entretanto, ao pegar as estradas brasileiras, um outro fator muito perceptível é a má qualidade das nossas estradas de maneira geral.

Buracos, imperfeições e desníveis são a tônica das rodovias tupiniquins e certamente já fazem parte da vida de incontáveis brasileiros.

Todos esses problemas, porém, além de demandarem muito mais cuidado ao volante, também podem prejudicar um veículo.

Ao passar constantemente por buracos e desníveis, tenha em mente que isso pode fazer com que seu carro precise passar por um processo de alinhamento e balanceamento.

Mas por que isso acontece exatamente? Vamos explicar mais à frente.

O que é alinhamento e balanceamento?

Começando pelo alinhamento: todo automóvel quando sai da fábrica possui especificações relacionadas ao paralelismo do eixo.

Ou seja, ao sair para as ruas, existe um ângulo ideal das rodas que deve ser seguido para que o veículo tenha um desempenho melhor e mais seguro.

Caso o carro não esteja alinhado com esse ângulo sugerido pelo fabricante, pode ser perigoso, tanto para o motorista, quanto para os passageiros.

O alinhamento, consequentemente, como o próprio nome indica, é o processo de recolocar as rodas no ângulo correto.

O balanceamento, por outro lado, tem um outro significado. No momento em que são montados os pneus, em alguns casos o conjunto do peso dos pneus e das rodas acaba sendo distribuído de maneira errada.

Em vista disso, uma roda com o peso erroneamente distribuído também pode ter consequências negativas para a dirigibilidade do veículo.

Para evitar isso, o balanceamento é o procedimento que garante a equilibrada distribuição do peso ao longo do diâmetro do conjunto pneu/roda. Evitando assim que as rodas vibrem quando estejam em movimento, principalmente em alta velocidade.

Quais as consequências de dirigir um carro que não está corretamente alinhado e balanceado

As consequências de um carro desalinhado e desbalanceado são rapidamente notadas na dirigibilidade do veículo.

O automóvel sofre uma perda, por vezes grave, de estabilidade nas estradas. São comuns trepidações e dificuldade de manter movimentos uniformes.

Um indicativo disso é quando os carros, caso não sejam segurados pelo motorista, não se mantêm em linha reta nem mesmo por poucos segundos.

O veículo também pode se tornar mais suscetível a acidentes. Isso ocorre porque, sem muita estabilidade, é mais provável que o motorista perca o controle do automóvel.

Sob essa ótica, o alinhamento e balanceamento são pontos centrais na segurança de um motorista e na conservação de seu carro.

Por isso, caso você note sinais de que o seu veículo está instável, entre em contato com a Center Peças Fabbri e agende já o serviço de alinhamento e balanceamento.

0 Comentários