Vejas quais são peças de caminhão que mais quebram

Veja quais peças do caminhão quebram com mais frequência.

Minha vida é andar por esse país, pra ver se um dia descanso feliz

Guardando as recordações, das terras onde passei…

A música Vida de Viajante, do Gonzaguinha, reflete a realidade que só quem está dia a dia percorrendo as estradas do Brasil conhece. 

Os longos trajetos percorridos para transportar mercadorias exigem muito, tanto do caminhoneiro, quanto do caminhão. 

É inevitável: as peças do caminhão estão expostas a constante desgaste, seja pela elevada carga a que são submetidas, condições de pavimentação adversas ou mesmo intempéries do tempo.

Por isso, é de extrema importância manter a revisão e a manutenção em dia. 

Você sabe quais peças precisam de uma atenção redobrada?

Vejas quais são as peças de caminhão que quebram frequentemente.

Pneus

Os pneus estão continuamente em contato com a pista durante as viagens, estando sempre sujeitos a atravessar obstáculos, como buracos ou solos irregulares. 

De qualquer forma, eles sofrerão desgaste ao longo do tempo, mas alguns fatores como o excesso de carga, falta de calibragem ou mesmo a qualidade dos pneus podem acelerar o processo.

Fique atento ao período de vida útil dos pneus, assim como se existem sulcos profundos ou rachaduras. 

Afinal, pneus em mau estado comprometem a segurança do motorista e podem acarretar em multa.

Motor 

Uma das piores partes que podem dar problema no meio da estrada é o motor. 

Não raramente, motoristas têm que interromper sua viagem porque o motor apresentou algum problema. 

Além da situação desconfortável, o conserto não sai nada barato.

Por isso, fique atento a alguns pontos de desempenho como o nível de torque, injeção de combustível ou se o caminhão está respondendo com sua potência usual. 

Além disso, trocar o óleo do motor é uma das ações preventivas mais simples e eficaz para a manutenção de suas funções.

Correia dentada

A correia dentada desempenha papel essencial para o bom funcionamento do motor, uma vez que mantém o sincronismo dos pistões, com o movimento do virabrequim e o eixo-comando das válvulas.

Contudo, seu rompimento pode levar o motor a fundir. 

O problema dessa peça em especial, é que seus sinais de desgaste não são muito evidentes, de forma a dificultar sua identificação. 

Dessa forma, é essencial realizar a inspeção da correia dentada periodicamente para verificar se ela se encontra em condições adequadas de preservação.

Sistema de suspensão 

O sistema de suspensão é composto por peças como os amortecedores, bandejas, molas e batentes.

Acontece que as altas cargas carregadas pelos caminhões exigem muito desse sistema.

Soma-se a isso as condições das pistas e rodovias, que também colaboram para a deterioração dessas peças. 

Para garantir a estabilidade e segurança do veículo, é necessário que a revisão da suspensão seja realizada frequentemente. 

Freio

O sistema de freio também é afetada pelo peso das cargas transportadas pelos caminhões, pois quanto maior o peso, mais difícil é a frenagem.

Como o frear exige mais esforço, maior é o atrito gerado e, consequentemente, as peças sofrem maior desgaste. 

Por isso, problemas em partes desse sistema como nas lonas ou nos tambores geram grande risco à segurança do motorista.

Agora que você já sabe quais as peças do caminhão que mais apresentam desgaste, vale ressaltar que a melhor maneira de evitar imprevistos é realizar a manutenção preventiva periodicamente. 

Nesses casos, escolha peças de qualidade com procedência e originalidade confirmada, uma vez que elas conferem maior segurança e durabilidade. 

Na Center Peças Fabbri você conta com uma equipe especializada, com garantia de qualidade das peças para o caminhão. 

Faça seu orçamento!

0 Comentários