8 mitos e verdades sobre a embreagem

8 mitos e verdades sobre a embreagem

A embreagem é um componente importante para o funcionamento do carro. Utilizado em carros manuais, essa peça é responsável por acoplar o motor com o câmbio, garantindo a transferência homogênea de torque e facilitando a transferência de marcha.

Uma embreagem pode durar até 40 mil quilômetros, quando se faz necessário realizar sua substituição. Mas se não utilizada corretamente, a peça pode comprometer a direção e reduzir o tempo de troca de todo o conjunto.

Há uma série recomendações populares para o bom uso da embreagem, e é importante saber quais são os verdadeiros cuidados que a peça necessita para não prejudicar o veículo. Pensando nisso, listamos os principais mitos e verdades sobre o pedal esquerdo para que você possa dirigir com mais tranquilidade e segurança.

A embreagem deve ser acionada antes do freio

Mito! Essa ação pode desgovernar o carro e provocar sérios acidentes. O correto é pisar primeiro no freio e depois na embreagem.

O motorista não precisa usar a embreagem para trocar de marcha

Verdade, embora você precise conhecer muito bem o veículo para dispensar esse pedal. É preciso saber a hora certa da troca de marcha para não usar a embreagem. Muitas pessoas afirmam que com isso a peça consegue durar mais – o que se torna um mito, pois o desgaste das peças, em comparação à troca realizada com a embreagem, é mínimo.

A saída do carro só deve acontecer com a embreagem acionada

Depende. Esse é um dos temas mais polêmicos, pois há quem discorde da afirmação. Enquanto uns dizem que a embreagem suaviza o peso do volante, principalmente quando a bateria está fraca, outros alegam não possuir benefícios mecânicos.

Quanto maior a quilometragem, mais duro fica o pedal

Verdade. Com o tempo, a mola do disco perde sua flexibilidade – o que faz endurecer o pedal. Por isso, é importante respeitar o período de troca recomendado pelo fabricante do carro. Assim, o acionamento será macio e você evita o comprometimento de mais peças do seu automóvel.

Dirigir com o pé na embreagem não afeta o funcionamento do carro

Mito! O pedal esquerdo só deve receber algum tipo de pressão quando for realmente utilizado. Essa prática diminui bastante o tempo de vida do disco da embreagem, podendo inutilizar o acionamento durante o engate de marchas ou na arrancada.

Sem a embreagem é impossível engatar a marcha

Verdade. Se você não pisar no pedal esquerdo ao realizar a troca da marcha, a ação não será executada. Além disso, há ainda o comprometimento das engrenagens – como o desgaste ou até mesmo a quebra. Utilize a embreagem tanto no engate como no desengate.

Não há problemas ao sair de segunda

Um grande mito. Sempre que o carro estiver parado, é necessário utilizar a primeira marcha. Ao fazer a saída com a segunda, você estará comprometendo o motor e a caixa de mudanças, resultando em um desgaste maior.

Para fazer o carro correr mais, basta pisar na embreagem com a marcha acionada

Mito. Ao invés de impulsioná-lo, você só vai causar um tranco provocado devido à aceleração repentina do motor, aumentando, inclusive, o desgaste da peça.

Precisa trocar a embreagem do seu carro? Conte com a CP Fabbri! Possuímos uma variedade de fabricantes da linha de leves e pesados, oferecendo o melhor preço da região. Consulte o endereço de nossas lojas e confira todos os nossos serviços!