Perguntas frequentes sobre o óleo 15w40

óleo 15w40

Trocar o óleo do motor é uma ótima forma de preservar componentes mecânicos de um veículo. Essa troca pode ser benéfica em muitos aspectos e, ainda que muitas pessoas não sejam especialistas no processo, o uso do óleo 15w40 é extremamente comum.

Justamente por conta disso, não são poucas as dúvidas referentes a esse tipo de óleo e suas ações dentro de um automóvel.

Afinal de contas, antes de sair colocando qualquer coisa dentro do carro, as pessoas normalmente preferem entender o que é, quais as indicações e especificações técnicas e como isso funcionará na parte mecânica.

Preparamos uma lista de dúvidas frequentes sobre o óleo 15w40 para esclarecer tudo que possa transformar a troca de óleo em um momento de maior tranquilidade e transparência.

Confira:

1- O que significa óleo 15w40?

A letra “w” em meio aos números de especificação do óleo significa “winter”, termo inglês para a palavra inverno. Mas fique tranquilo, isso não quer dizer que é um óleo para ser usado apenas durante essa época do ano.

O caractere em questão é uma forma de indicar aos clientes a viscosidade do óleo em baixas temperaturas, quando o carro não está com o motor ligado e funcionando.

Assim, o primeiro número, no caso o 15, diz respeito a essas temperaturas mais frias, e o segundo número, no caso o 40, diz respeito à viscosidade em temperaturas maiores, aquelas atingidas com o carro em movimento.

2- Qual a diferença do óleo 15w40 para o óleo 10w40?

A partir da resposta anterior, já é possível antever uma explicação para essa pergunta. Esses números em conjunto com a letra “w”, como já dissemos, indicam as faixas de viscosidade do óleo.

E essas faixas são importantes porque cada automóvel possui uma necessidade diferente. No caso específico da comparação entre os óleos 15w40 e 10w40, o segundo é mais fluido em temperaturas frias que o primeiro, muito embora ambos funcionem da mesma forma em temperaturas mais elevadas.

3- Qual óleo escolher para o meu automóvel?

Cada automóvel possui uma necessidade diferente a depender da sua marca, país de origem, componentes do motor, etc.

Por isso, o ideal é sempre consultar o manual do veículo ou pedir auxílio a um mecânico de sua confiança para te ajudar no processo.

Usar óleos inadequados pode acabar prejudicando o veículo. Assim, leve a sério as orientações técnicas por mais que existam outras opções de óleo menos adequadas e mais baratas no mercado.

4- Eu posso misturar óleos de faixas de viscosidade diferentes?

Fazer esse tipo de mistura é extremamente não indicado para qualquer veículo. Adicionar, por exemplo, óleo 20w50 a um reservatório previamente preenchido com óleo 15w40, pode ocasionar em sérios problemas para o motor.

Problemas estes que podem aumentar o desgaste entre componentes e diminuir a vida útil das peças dessa área do automóvel.

Para mais dicas e informações, acesse o blog da Center Peças Fabbri

Se algum desses esclarecimentos, de alguma forma, te ajudou a sanar dúvidas ou incertezas sobre a troca de óleo, saiba que a CP Fabbri conta com um blog exclusivo de dicas.

Há mais de 50 anos no mercado automobilístico, reunimos ao longo do tempo uma série de experiências que nos ajudam a entender melhor o mundo dos automóveis. 

No nosso blog, reunimos informações importantes para os amantes de automóveis. Acesse e confira!

0 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *