Como preservar o amortecedor do seu automóvel

Amortecedor automóvel

Ninguém gosta de ter que trocar peças de carro por conta de problemas mecânicos. Mas essa dor de cabeça, muitas vezes, pode ser evitada com simples cuidados diários. Algumas falhas graves, como problemas no amortecedor, são decorrentes do uso de carros em terrenos para os quais eles não foram feitos, por exemplo.

Não é apenas isso que faz a diferença na preservação de um automóvel. Há uma série de outros fatores influentes nisso.

Por isso, reunimos os principais deles nesse texto para te ajudar a não ter mais problemas de amortecedor.

Para que serve essa peça específica?

Começando com a pergunta mais simples, porém necessária, possível.

Os amortecedores são absolutamente influentes na dirigibilidade de um veículo. Eles fazem com que os pneus mantenham o contato com o solo, além de comandarem o funcionamento das molas.

Em outras palavras, todo o conforto, segurança e até a estabilidade de automóveis são promovidos pelos amortecedores.

O que um bom amortecedor proporciona a um veículo?

Um amortecedor em pleno funcionamento pode proporcionar a um veículo, dentre outras coisas, uma maior preservação dos pneus.

Eles passam a estar sempre em contato com o solo, o que divide o desgaste e aumenta a durabilidade da borracha.

E falando sobre maior durabilidade, os componentes da suspensão também se beneficiam de um bom amortecedor. O desgaste diário das molas é reduzido drasticamente quando essa peça está em boas condições.

Outro benefício é a diminuição da distância de frenagem do veículo. Isso permite que o motorista confie muito mais nos seus freios durante uma viagem.

Em linhas gerais, o veículo ganha muito em dirigibilidade e conforto. Consequentemente, o motorista acaba tendo condições de dirigir de maneira mais relaxada.

Como cuidar do amortecedor para ele ter maior durabilidade

Pode parecer difícil cuidar de um componente que afeta tantas partes do carro ao mesmo tempo. Todavia, é mais simples do que parece.

Pequenas atitudes diárias podem te ajudar a preservar o seu amortecedor, fazendo ele durar por mais tempo.

A primeira coisa a se fazer é conhecer bem o seu veículo. Seja ele um carro de passeio  ou até mesmo um caminhão. Certamente o seu automóvel tem características importantes que devem ser respeitadas.

No caso de veículos pesados, de carga, deve-se respeitar a capacidade máxima de peso a todo momento — sobrepujar o peso máximo irá, aos poucos, estragar as condições do amortecedor.

Quanto aos carros menores, a dica é tomar cuidado com estradas de terra ou rodovias muito desniveladas. A maioria dos automóveis de passeio não está preparada para esse tipo de via e isso pode prejudicar o amortecedor.

Para passar por locais assim, recomenda-se diminuir a velocidade consideravelmente.

Por fim, evitar buracos no asfalto é uma observação que abrange todos os tipos de automóveis. Buracos são os principais inimigos de um amortecedor funcional.

Como trocar um amortecedor?

Se você está lendo esse texto depois de já ter diagnosticado um desgaste do seu amortecedor, então é possível que as dicas profiláticas não surtam mais efeito.

Mas não se preocupe. Entre em contato com a Center Peças Fabbri e faça um orçamento para a troca do seu amortecedor.

Após isso, siga as dicas corretamente e aproveite o aumento de durabilidade do seu amortecedor.

0 Comentários