Como fazer chupeta no carro em 4 passos

Como fazer chupeta no carro em 4 passos

Enfrentar problemas com a bateria do carro é, sem dúvidas, mais comum do que se imagina. E nas horas de aperto, saber como fazer uma chupeta no carro é essencial.

Isso porque muitas vezes os problemas com bateria surgem quando mais precisamos – e isso não é coincidência.

É comum que as baterias não funcionem logo de manhã, por exemplo, antes de irmos para o trabalho, justamente pelo período em que o carro passa desligado à noite.

Além disso, longos períodos sem dar a partida também podem gerar dificuldades para ligar o carro. Nesse sentido, voltar de viagens de férias pode ser um pesadelo.

Pensando em todos esses aspectos, preparamos este texto para te deixar pronto em caso de emergências.

Por isso, leia com atenção e confira o nosso passo a passo sobre como fazer chupeta no carro.

1- Quem entende sobre como fazer chupeta no carro sabe a importância do preparo com segurança

O primeiro passo para fazer uma chupeta é se preparar com o máximo de segurança possível.

Para realizar o procedimento corretamente, você precisará dos cabos de chupeta e da ajuda de um outro veículo que esteja com a bateria em bom estado.

Para isso, certifique-se de que os carros estejam parados em um local seguro e a uma distância que torne possível a conexão por meio dos cabos.

Por segurança, esteja calçado durante todo o processo e não encoste nos fios enquanto a chupeta não for concluída.

2- Localize a bateria dos dois veículos e faça a conexão

Após a preparação inicial que indicamos acima, você deverá abrir o capô dos dois veículos. Deixe-os suspensos e busque pelas baterias dos dois automóveis.

Lembre-se, porém, que não existe uma localização padrão para as baterias. Sendo assim, talvez você possa encontrar um pouco de dificuldades nessa etapa.

Após encontrá-las, faça a ligação entre os carros. Primeiro conecte o cabo vermelho nos terminais positivos (começando preferencialmente pela bateria que está com problemas).

Depois, conecte o cabo preto no terminal negativo da bateria que está em boas condições e, por último, conecte a última presilha a algum metal firme que esteja no compartimento do motor.

É de extrema importância que esse último conector não seja preso no terminal negativo da bateria que precisa ser carregada.

Caso isso aconteça, faíscas podem ser geradas e aumentam as chances de acidente e de danificação da bateria.

Após esse processo, entre no carro e gire a chave sem dar partida (lembre-se de deixar desligadas todas as luzes, ar condicionado, rádio, etc., tudo que consumir energia).

A partir desse momento, a bateria deverá começar a carregar. Aguarde alguns minutos e tente ligar uma luz interna para conferir.

Caso a luz acenda sem oscilações, a bateria provavelmente estará carregada. Sendo assim, você já pode dar a partida no carro.

Agora que você já sabe como fazer chupeta no carro, desmonte tudo e pode voltar a usar seu veículo (mas com cuidado)!

Para desmontar tudo, comece pela ponta do cabo preta que está conectada a uma estrutura de ferro do motor, depois retire a outra ponta do cabo preto da bateria boa.

Por fim, retire o cabo vermelho que sobrou da bateria boa para, só depois, tirar o último prendedor da bateria com problemas.

Não esqueça de fechar os capôs e também lembre-se de deixar o carro ligado por mais algum tempo antes de sair para que a bateria carregue ainda melhor.

Depois de todo esse trabalho, porém, ainda é recomendável que você visite um mecânico para analisar se o seu carro tem problemas mais sérios.

E se forem apontadas condições que exijam a troca de peças, entre em contato com a Center Peças Fabbri!

Somos especialistas em autopeças e acessórios de manutenção para veículos e apresentamos grande tradição em Sorocaba e região.

 

0 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *