Carros seminovos: as principais vantagens e desvantagens

carros seminovos

O mercado de compra e venda de carros seminovos no Brasil é quase sempre aquecido.

Todos os anos, incontáveis veículos são anunciados e diversas compras são efetuadas em curtos períodos de tempo.

Essa troca constante de automóveis é, inclusive, consequência de uma grande conjunção de fatores.

Dentre eles, o principal talvez seja o fato de que a cada ano que passa, uma grande quantidade de modelos é lançada.

E essa enorme gama de novidades tecnológicas acaba atiçando os consumidores a buscarem novos produtos ao invés de se sentirem satisfeitos com os antigos.

Muita gente, porém, não possui as condições financeiras necessárias para efetuar a compra de um carro zero por ano. Assim, os carros semi novos se tornam uma grande alternativa.

Confira abaixo algumas vantagens e desvantagens da compra de carros seminovos.

As vantagens dos carros seminovos

Quando falamos sobre as vantagens de algum produto em específico, e essa lógica consequentemente serve também para carros, é importante ressaltar que são fatores completamente subjetivos.

Ou seja, cada indivíduo valoriza mais alguns fatores do que outros. Neste texto buscamos trazer as vantagens mais percebidas pelo público em geral.

1- Preço

O preço é obviamente a primeira coisa que vem na mente de quem quer trocar de carro, mas sem gastar muito dinheiro.

Só o simples fato de um veículo não ser mais um carro zero quilômetro, já o desvaloriza.

Por isso, em diversas situações, é possível comprar um veículo muito pouco utilizado, mas com um preço bem menor do que o que qualquer um encontraria caso comprasse de fábrica.

Dessa forma, o dinheiro economizado na operação de compra de veículos usados pode ser utilizado em outras áreas ou investimentos.

Afinal, para muitos a compra de um veículo novo não é uma prioridade. E por isso faz sentido destinar o dinheiro para outros fins.

2- Menor preocupação com burocracia

Comprar um carro é inevitavelmente um processo burocrático. Mas muitas vezes, a compra de um carro seminovo reduz esse problema.

Carros seminovos já foram emplacados por seus donos e normalmente já contam com outros tipos de serviços e acessórios, como a instalação de insulfilm, por exemplo.

Então basicamente, na maioria dos casos, ao comprar um seminovo, ele está pronto para sair pelas ruas.

Desvantagens dos carros seminovos

Assim como trouxemos as vantagens mais comuns, buscamos as desvantagens da mesma maneira. Isso não significa, portanto, que não possam existir outras, principalmente considerando as percepções individuais. 

1- Possibilidade de um carro danificado

O grande receio da compra de um carro usado decorre do medo de comprar um produto fora das melhores condições.

E em se tratando de um carro, um equívoco na hora da compra pode custar muito dinheiro.

Afinal, mesmo fazendo um test drive, não é possível checar com certeza as condições de um veículo. O uso diário é um grande indicativo da real condição do carro. 

Portanto, leve o veículo em um mecânico de confiança que poderá fazer uma avaliação mais detalhada das condições do carro, é o mais aconselhável a se fazer.

Dessa forma, é possível minimizar eventuais surpresas em médio e longo prazo.

2- Dificuldade de revenda

Se você é daqueles que troca muito frequentemente de carro, deve saber que, em linhas gerais, quanto mais antigo um veículo, mais difícil fica a revenda.

Além disso, um veículo possuir uma grande quantidade de donos dentro de um pequeno espaço de tempo também pode dificultar esse processo.

Preste bastante atenção antes de tomar qualquer decisão sobre a compra de carros seminovos

Em negócios e transações que envolvem muito dinheiro, todo cuidado é pouco para garantir uma decisão que não vá gerar arrependimentos.

Por isso, leituras como a deste texto podem te ajudar a entender todo um cenário antes agir.

Caso tenha gostado dos prós e contras que preparamos para te ajudar com relação aos carros seminovos, não deixe também de acessar o blog da Center Peças Fabbri e acompanhar as nossas outras publicações.

0 Comentários