Como funciona a suspensão hidráulica?

A suspensão automotiva permite dirigir com segurança, minimizando o atrito entre o pneu e o solo. Assim, o carro anda com mais estabilidade e o motorista tem mais controle para dirigir em locais com buracos e desníveis. Para quem gosta de segurança e também de muito estilo, a suspensão hidráulica é obrigatória.

Esse tipo de suspensão automotiva é muito comum nos Estados Unidos e instalado em carros antigos, das décadas de 50 a 70. O sistema é pneumático, alimentado por baterias acopladas no porta-malas do carro e controladas por um conjunto de chaves ligados aos pneus do carro – permitindo controlar a altura de cada roda.

Com esse tipo de suspensão, o carro consegue andar e pular – como se estivesse dançando, no melhor estilo lowrider. O funcionamento hidráulico já vem sendo utilizado em novos modelos que conferem mais segurança para o motorista, eliminando os pulos coreografados e mirando no total conforto durante a viagem. No entanto, este tipo de suspensão ainda é mais requisitada em modelos preparados.

Características da suspensão hidráulica

O sistema de suspensão hidráulica substitui as molas tradicionais mecânicas para dois fluidos: um líquido (óleo mineral) e outro gasoso (gás nitrogênio). Isso garante mais segurança na direção e mais estabilidade, principalmente em vias esburacada e desniveladas.

A suspensão hidráulica garante variação de amortecimento. Isso ocorre quando quando o circuito distribui o líquido pelos quatro amortecedores – dando mais maciez durante os impactos, ou apenas por dois, para um passeio mais confortável. Com isso, a suspensão hidráulica vai fornecer mais elasticidade, de acordo com a pressão aplicada em cada roda – fazendo com que o veículo pule ou até mesmo ande sobre três rodas.

Um diferencial desse tipo de suspensão é sua função anti-balanço, que evita a trepidação constante do veículo. O amortecimento da suspensão hidráulica faz com que o balanço seja quase que extinguido por completo, deixando o passeio com o máximo de conforto.

Além dos Lowriders, a suspensão hidráulica também é muito utilizada em modelos esportivos e de corrida. Por atingirem grandes velocidades, o sistema de amortecimento garante uma direção muito mais segura e com mais estabilidade. No caso dos modelos de corrida, o sistema hidráulico na dianteira auxilia o piloto a não perder velocidade nas curvas.

Geralmente, o conjunto de peças para instalar a suspensão hidráulica vem com 2 bombas, 8 baterias, 4 pistões e 1 controle. Mas não é qualquer modelo que pode receber esse tipo de modificação: para aderir ao perfeito estilo lowrider, é preciso ter o modelo certo, como Cadillac, Galaxie e Landau, que possuem uma estrutura reforçada para suportar todos os movimentos.

Assim como qualquer tipo de suspensão, é preciso fazer manutenções periódicas para garantir o bom funcionamento e manter a segurança ao dirigir seu carro. Procure sempre por amortecedores de competição ou esportivos e adequar a mola para mais maciez durante a utilização.

Procurando por peças de suspensão hidráulica? Na CP Fabbri você encontra! São molas, pistões, baterias e muito mais, tudo com o melhor preço da região e fornecedores de confiança. Deixe seu carro pronto para rodar com segurança e estilo – confira nossos endereços e solicite um orçamento!

Center Peças Fabbri 1 Comentário

Carro zero básico ou seminovo completo: Qual comprar?

Carro zero básico ou seminovo completo: Qual comprar?

Vai comprar um carro? Uma das grandes dúvidas que muitos possuem é sobre as vantagens de comprar um zero básico ou um seminovo completo. Por um lado, você sairá da concessionária com um carro que será utilizado apenas por você – mas com um seminovo completo, você terá um automóvel com itens que trazem conforto e tecnologia.

A melhor forma de decidir a compra é levar em consideração o comportamento, modelo e faixa de preço. Se você está em dúvida, é hora de conferir quais fatores que merecem ser analisados antes de bater o martelo para sair dirigindo. Confira agora nossas dicas. Leia mais “Carro zero básico ou seminovo completo: Qual comprar?”

Saiba como a embreagem do seu carro funciona

Saiba como a embreagem do seu carro funciona

A embreagem é um componente importante para o bom funcionamento do carro e garante que ele não morra durante a troca de marchas. Mas a embreagem vai muito além do que uma simples pisada no pedal esquerdo.

Localizada entre o motor e a caixa de câmbio, a embreagem está presente em carros manuais e automáticos. É através dela que é transmitida a força do motor para a caixa de câmbio. Além disso, a embreagem também consegue filtrar as vibrações geradas pelo motor, diminuindo ruídos e desgastes dos componentes do sistema de transmissão. Leia mais “Saiba como a embreagem do seu carro funciona”

8 mitos e verdades sobre a embreagem

A embreagem é um componente importante para o funcionamento do carro. Utilizado em carros manuais, essa peça é responsável por acoplar o motor com o câmbio, garantindo a transferência homogênea de torque e facilitando a transferência de marcha.

Uma embreagem pode durar até 40 mil quilômetros, quando se faz necessário realizar sua substituição. Mas se não utilizada corretamente, a peça pode comprometer a direção e reduzir o tempo de troca de todo o conjunto.

Há uma série recomendações populares para o bom uso da embreagem, e é importante saber quais são os verdadeiros cuidados que a peça necessita para não prejudicar o veículo. Pensando nisso, listamos os principais mitos e verdades sobre o pedal esquerdo para que você possa dirigir com mais tranquilidade e segurança.

A embreagem deve ser acionada antes do freio

Mito! Essa ação pode desgovernar o carro e provocar sérios acidentes. O correto é pisar primeiro no freio e depois na embreagem.

O motorista não precisa usar a embreagem para trocar de marcha

Verdade, embora você precise conhecer muito bem o veículo para dispensar esse pedal. É preciso saber a hora certa da troca de marcha para não usar a embreagem. Muitas pessoas afirmam que com isso a peça consegue durar mais – o que se torna um mito, pois o desgaste das peças, em comparação à troca realizada com a embreagem, é mínimo.

A saída do carro só deve acontecer com a embreagem acionada

Depende. Esse é um dos temas mais polêmicos, pois há quem discorde da afirmação. Enquanto uns dizem que a embreagem suaviza o peso do volante, principalmente quando a bateria está fraca, outros alegam não possuir benefícios mecânicos.

Quanto maior a quilometragem, mais duro fica o pedal

Verdade. Com o tempo, a mola do disco perde sua flexibilidade – o que faz endurecer o pedal. Por isso, é importante respeitar o período de troca recomendado pelo fabricante do carro. Assim, o acionamento será macio e você evita o comprometimento de mais peças do seu automóvel.

Dirigir com o pé na embreagem não afeta o funcionamento do carro

Mito! O pedal esquerdo só deve receber algum tipo de pressão quando for realmente utilizado. Essa prática diminui bastante o tempo de vida do disco da embreagem, podendo inutilizar o acionamento durante o engate de marchas ou na arrancada.

Sem a embreagem é impossível engatar a marcha

Verdade. Se você não pisar no pedal esquerdo ao realizar a troca da marcha, a ação não será executada. Além disso, há ainda o comprometimento das engrenagens – como o desgaste ou até mesmo a quebra. Utilize a embreagem tanto no engate como no desengate.

Não há problemas ao sair de segunda

Um grande mito. Sempre que o carro estiver parado, é necessário utilizar a primeira marcha. Ao fazer a saída com a segunda, você estará comprometendo o motor e a caixa de mudanças, resultando em um desgaste maior.

Para fazer o carro correr mais, basta pisar na embreagem com a marcha acionada

Mito. Ao invés de impulsioná-lo, você só vai causar um tranco provocado devido à aceleração repentina do motor, aumentando, inclusive, o desgaste da peça.

Precisa trocar a embreagem do seu carro? Conte com a CP Fabbri! Possuímos uma variedade de fabricantes da linha de leves e pesados, oferecendo o melhor preço da região. Consulte o endereço de nossas lojas e confira todos os nossos serviços!

Center Peças Fabbri 0 Comentários

Como escolher o carro ideal para você?

Como escolher o carro ideal para você?

Comprar um carro é um momento importante na vida de muitas pessoas. No entanto, para que a aquisição seja feita sem arrependimentos, é preciso planejar e ter em mente qual é o carro ideal para o seu estilo de vida. Afinal, com tanta opções à disposição o comprador pode acabar fazendo a escolha errada.

De acordo com o Núcleo de Pesquisa e Inteligência da Editora Abril, os brasileiros andam fazendo a compra do seu automóvel de forma racional. Além disso, o consumidor associa o carro à liberdade – e entende que optar por esse meio de transporte é mais que uma escolha, é uma necessidade. Leia mais “Como escolher o carro ideal para você?”

Como o freio do carro funciona?

Como o freio do carro funciona?

Basta apertar o pedal ou puxar a alavanca e pronto: o freio do carro é acionado. Embora a ação faça parecer simples, o sistema de frenagem é complexo e depende de diversos componentes. O motorista deve ter total atenção e seguir todos os cuidados com o freio do carro para evitar sérios acidentes. Ficar atento ao tempo de revisão, barulhos e dificuldade na hora de frear é essencial.

Para entender como funciona o freio do carro, é preciso saber qual é o sistema de frenagem. Os freios de disco são os mais utilizados e funcionam por conta do atrito de alguns componentes, gerando calor, que se dissipa no ar, e convertendo em energia mecânica para imobilizar o carro. Leia mais “Como o freio do carro funciona?”

O que é e para que serve o disco de freio?

O que é e para que serve o disco de freio?

O bom funcionamento do freio é uma das principais garantias para uma direção mais segura. No Brasil, a maioria dos automóveis saem da fábrica com freio a disco nas rodas dianteiras. Feitos geralmente de cerâmica ou ferro fundido, ele é um dos componentes que garantem a boa frenagem do veículo – e por isso merecem cuidados na manutenção e respeito ao tempo certo de troca.

O freio a disco vem acompanhado das pastilhas, um componente simples de trocar e de baixo custo, que facilita a identificação da necessidade de troca da peça. É hora de descobrir o que é e para que serve o disco de freio – fique atento às suas especificações, dicas de cuidado e período de troca para ficar tranquilo na hora de dirigir. Leia mais “O que é e para que serve o disco de freio?”

7 dicas para reduzir o consumo do combustível

7 dicas para reduzir o consumo do combustível

Para economizar com o combustível não há mistérios: uma boa direção, manutenção periódica e abastecer em um local de confiança são palavras chave para deixar seu carro impecável. Além disso, algumas práticas como dirigir com pneus calibrados, por exemplo, fazem toda a diferença.

Reduzir os gastos com gasolina pode fazer muita diferença no bolso. Segundo estudos, a média de gastos anuais com combustível é de R$3.201 a R$4.482, quando analisados os 20 automóveis mais vendidos no país. Se você está em busca em diminuir esse gasto sem precisar deixar o carro na garagem, confira agora as 7 dicas para reduzir o consumo do combustível. Leia mais “7 dicas para reduzir o consumo do combustível”

Como funciona a desvalorização dos carros?

É fato: assim que sai da concessionária, o carro já começa a desvalorizar, perdendo de 15 a 20% do do valor. A taxa de depreciação de um carro é um dos principais pontos para se avaliar na hora de comprar – e vender – um veículo. Marca, ano de fabricação e categoria são alguns dos agravantes para o nível de desvalorização. Leia mais “Como funciona a desvalorização dos carros?”

Center Peças Fabbri Carros 0 Comentários