Conheça os 5 carros mais caros do Brasil e do mundo

Carros mais caros do mundo

Os carros estão recebendo mais tecnologia, o que os torna mais valorizados e, consequentemente, mais caros.

Algumas razões para o encarecimento de veículos, além da inserção tecnológica no universo automobilístico, são a sofisticação e o alto desempenho.

Pensando em apresentar, portanto, alguns carros velozes e luxuosos, apresentaremos, nesta publicação, os 5 carros mais caros do Brasil e do mundo. 

Os 5 carros mais caros do mundo

  1. Rolls-Royce Boat Tail: este carro britânico é feito por encomenda e serão produzidas somente 3 unidades no mundo para a venda.

O novo conversível custará US$28 milhões, equivalente a, aproximadamente, R$ 147 milhões, levando o primeiro lugar da lista;

  1. Bugatti Centodieci: o novo Bugatti custa cerca de US$ 8,8 milhões, o que equivale a cerca de R$ 47 milhões.

O francês Centodieci terá apenas 10 unidades, tornando-o exclusivo, além de luxuoso;

  1. Bugatti Divo: já este Bugatti tem o valor de próximo a US$ 5,7 milhões, o que equivale a, aproximadamente, R$ 30 milhões.

O luxuoso e veloz Divo terá somente 40 unidades no mundo;

  1. Gordon Murray T.50: pode ser considerado em conta, comparado aos outros da lista.

Custa US$ 3 milhões, o que, convertido para a moeda brasileira, equivale a quase R$ 16 milhões.

Este carro esportivo, sucessor da McLaren, haverá somente 100 unidades.

  1. Koenigsegg Jesko: o carro sueco custa, também, US$ 3 milhões e terão apenas 125 desse modelo no mercado.

Os carros mais caros que estão à venda no Brasil

  1. Lamborghini Aventador SVJ Roadster: o queridinho dos brasileiros é a Roadster, considerada a mais vendida no país, e custa R$ 8,2 milhões;
  2. Lamborghini Aventador SVJ: um dos carros mais potentes, aqui, no Brasil, tem o valor de R$ 7,2 milhões; 
  1. Ferrari SF 90 Stradale 4.0: o único da lista que é híbrido. Custa R$ 7,2 milhões, também;
  2. McLaren 765 LT Coupe: a famosa McLaren tem o valor aproximado de R$ 6,6 milhões; 
  3. Ferrari 812 GTS: este veículo, reconhecido pela sua velocidade, custa R$ 6,4 milhões.

Qual a razão para os carros estarem mais caros?

De acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) anunciou crescimento para o ano de 2022.

Com base nas informações transmitidas pela federação, as concessionárias poderão ter um aumento de 4,6% nas vendas.

Entretanto, isso não quer dizer que os valores reduzirão. Na verdade, segundo o CEO da Renault, Luca de Meo, haverá aumento neste ano.

Segundo o CEO, as razões pelas quais os carros encareceram e continuam valorizados é a crise com semicondutores e o aumento do preço da energia.

Os semicondutores são materiais que têm capacidade de conduzir energia e são a matéria-prima principal para produção de chips e outros eletrônicos.

Os chips são utilizados para a fabricação de automóveis elétricos.

A escassez dessa matéria-prima acarreta um aumento dos valores e, consequentemente, dos veículos.

Outro agravante da crise é que, com a pandemia da Covid-19, houve o encarecimento de aço, alumínio e cobre.

Para saber mais sobre mercado automobilístico, entre em contato com a Center Peças Fabbri.

Além de fornecer soluções para caminhoneiros, a Center Peças Fabbri vende peças automotivas online!