O que é e como funciona o eixo cardan?

O que é e como funciona o eixo cardan?

Quando o assunto é sobre a movimentação do automóvel, o eixo cardan é destaque. Ele dá mais liberdade de movimento durante a variação de velocidade ao fazer a ligação da força gerada às rodas. A peça é utilizada em veículos com motor dianteiro e tração traseira, caminhões, 4×4, ônibus e motos.

Composto basicamente de uma haste metálica com forquilhas em suas extremidades e uma cruzeta central, o eixo cardã possui um grande tempo de vida. Por isso, muitos motoristas se esquecem de verificar seu estado ou não se preocupam com a peça.

No entanto, para que haja um bom desempenho no momento da direção, o eixo cardã deve estar em perfeitas condições para dar mais estabilidade e segurança. Descubra o que é o eixo cardan, seu funcionamento e como fazer sua manutenção preventiva.

Conheça o eixo cardan

Composto por dois eixos tubulares, o eixo cardan é formado por diversos componentes, como cruzetas, luvas, ponteiras dianteiras e traseiras, rolamentos, mancais e suportes, flanges de cruzetas, flanges de acoplamento e terminais yoke. Eles permitem que o ângulo varie, distribuindo o peso de forma uniforme e garantindo o equilíbrio durante a locomoção do veículo.

São diversos segmentos que utilizam o eixo cardan, sendo os principais:

Carros e motocicletas: Em veículos 4×4, a peça é responsável por transmitir a força do motor para as rodas. Já nas motos, ele substitui a corrente de transmissão e torna o conjunto mais silencioso.

Caminhões e ônibus: Veículos grandes trabalham com mais de um eixo cardan, principalmente os modelos com o motor na parte dianteira.

Além disso, a área industrial, agrícola e naval também usufruem das funcionalidades da peça, que possibilita mais equilíbrio e distribuição da força para um ângulo mais suave de ser realizado.

Faça a manutenção preventiva

A melhor forma de garantir o bom funcionamento do eixo cardan é a lubrificação. A tarefa vai diminuir o atrito e proteger o metal de corrosão e oxidação, dissipando o calor excessivo. Para que essa medida seja eficaz, é fundamental que seja aplicado o tipo de lubrificante correto, e em níveis adequados.

A cada dois mil quilômetros, é preciso checar a viscosidade e o nível do óleo – sendo que a troca completa é recomendada a cada 160 mil quilômetros ou após um ano de uso. Em casos de utilização severa, o prazo diminui para 50 mil quilômetros ou a cada seis meses.

Quando fizer viagens mais longas, é recomendado um checkup do eixo cardan: verifique se há sujeira nas extremidades, falta de lubrificação, amassado ou empenamento de alguma peça. Se detectar alguma falha, não hesite em ir até uma especializada para solucionar o problema.

Na Center Peças Fabbri você encontra tudo o que precisa para fazer uma verdadeira manutenção do eixo cardan do seu veículo. Nosso catálogo reúne as melhores marcas de peças automotivas e acessórios, além de oferecer serviços de manutenção que tornam o seu dia a dia mais prático e seu carro com mais desempenho. Conheça nossas unidades e solicite um orçamento!

0 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *