Quando fazer alinhamento e balanceamento do carro?

Quando fazer alinhamento e balanceamento do carro?

Trepidação do volante e carro puxando para um dos lados é sinal de que precisa de alinhamento e balanceamento. Esses problemas são comuns, mas que se o motorista deixa para depois sua resolução, a direção pode se tornar cada vez mais perigosa.

O alinhamento do carro é o ajuste do ângulo das rodas, que devem estar sempre em um ângulo de 90 graus em direção ao chão, para não haver desnível entre os lados do veículo. Já o balanceamento diz respeito ao equilíbrio do conjunto do pneu, roda e câmara, por meio de contrapeso de chumbo.

Mas você sabe qual é o tempo recomendado para realizar um alinhamento e balanceamento, e como evitar que a manutenção chegue antes do tempo? Para te ajudar, reunimos algumas informações essenciais para que você entenda um pouco mais sobre o assunto. Confira!

Alinhamento e balanceamento: quando fazer?

A recomendação é que seja feito um alinhamento e balanceamento a cada 10 a 15 mil quilômetros rodados. Essa manutenção preventiva pode avaliar pequenas alterações que você ainda possa não ter percebido, mas que se arrumadas a tempo irá solucionar um grande problema.

Mas mesmo com uma orientação de quilometragem, é preciso que o motorista fique atento aos sinais que o carro dá, para que ele possa prevenir maiores problemas.

Sintomas de falta de alinhamento:

  • Desgaste anormal ou desigual dos pneus
  • Trepidação das rodas dianteiras
  • Sensação de volante duro
  • Inclinação do carro para um dos lados em uma pista plana

Ao perceber um ou mais destes sintomas, é ideal que vá a um especialista para fazer o alinhamento do carro. Pode parecer um problema pequeno, mas se postergada por muito tempo a visita ao mecânico, eles podem contribuir para graves acidentes na pista.

Vale fazer um alinhamento sempre que fizer o rodízio de pneus ou quando eles foram trocados por novos.

Sintomas de falta de balanceamento:

  • Vibração no volante
  • Perda de tração e estabilidade
  • Desconforto ao dirigir
  • Desgaste nos rolamentos, amortecedor e terminais de direção antes do tempo

Por interferir diretamente na direção, o balanceamento também é um problemas que não pode ser ignorado. A perda do balanceamento ocorre por diversos fatores. Um exemplo é em casos de freada brusca, ou até mesmo quando os pneus encostam na água, causando desgaste em um dos lados – o que provoca o desbalanceamento.

Sem estar com alinhamento e balanceamento em ordem, o veículo terá que fazer mais força para entregar um bom desempenho. Isso gera maior esforço das peças, que sofrem desgaste mais rápido – além do combustível, que é consumido com maior agilidade.

Ou seja, quem leva seu carro para manutenção está prevenindo maiores gastos no futuro, além de garantir mais segurança no trânsito.

Você sabia que na Center Peças Fabbri você conta com os serviços de alinhamento e balanceamento? Pensando em trazer mais agilidade ao dia a dia dos nossos clientes, além de comprar as peças e acessórios para o carro você também pode fazer alguns serviços de manutenção. Solicite agora um orçamento!

0 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *