Como escolher o som automotivo compatível com a sua bateria?

Como escolher o som automotivo compatível com a sua bateria?

O som automotivo está entre os itens mais procurados entre os motoristas que gostam de ter uma experiência ainda melhor ao dirigir. No entanto, o que muitos não sabem é que antes de comprar o equipamento de som é preciso se certificar que ele é compatível com a bateria do automóvel.

Essa exigência é importante para evitar falhas na direção e o comprometimento da bateria. Quanto maior a potência for do som automotivo, mais ela pode interferir no desempenho do carro. Para tornar o seu processo de compra mais tranquilo, nós da CP Fabbri trouxemos algumas dicas que vão facilitar a entender como escolher o som automotivo sem comprometer a bateria. Confira!

Amperagem

Geralmente, um carro popular vem com uma bateria de 50 amperes. Esse nível é ideal para fazer todas as funções importantes estarem ativas, como vidros, faróis e travas, além do funcionamento do veículo.

No entanto, quando o motorista deseja aumentar a potência do som do carro, os aparelhos podem pedir uma amperagem maior para não comprometer o funcionamento e garantir mais tempo de bateria para o carro.

Bateria extra

Alguns modelos podem pedir uma segunda bateria, exclusiva para o som. Essa alternativa é muito recomendada para quem gosta de um equipamento mais robusto, acoplado na parte de trás do carro, que oferece um volume mais alto de som.

Vale ressaltar que essa bateria é simples de ser instalada e não fica aparente. Ou seja, a estética do seu carro não será prejudicada, e você ainda terá disponível um som automotivo à altura do que deseja.
Fique de olho no que a lei diz
De acordo com as normas do Conselho Nacional de Trânsito, o Contran, “fica proibida a utilização, em veículo de qualquer espécie, de equipamento que produza som audível pelo lado externo, independente do volume ou frequência, que perturbe o sossego público, nas vias terrestres abertas à circulação”.

Essa resolução libera o oficial de ter um aparelho específico para atuar os motoristas com som alto no carro – ou seja, se você quer ficar longe de multas, vale utilizar seu som automotivo com cautela. Dependendo do volume, o carro ainda pode ficar retido – então cuidado.

Cuidados com vírus no som automotivo

Você sabia que o som automotivo pode pegar vírus? Isso ocorre por conta de um pen drive com problemas, que pode acarretar em danos sérios ao componente, fazendo com que haja a necessidade de arcar com prejuízos ainda maiores do que o investimento.

Para evitar, deixe de lado os pen drives e utilize músicas originais que não danificam as peças do equipamento. Você vai notar a diferença até mesmo na qualidade do som.

Vale sempre lembrar que o equipamento de som automotivo deve ser cuidado com atenção para que ele tenha um tempo de vida ainda maior, promovendo uma experiência divertida para quem estiver no carro.

Precisando de peças para aumentar a potência do seu veículo? Na Center Peças Fabbri você encontra! São diversos itens, das melhores marcas e com o melhor preço da região. Acesse o nosso catálogo e confira de perto a qualidade dos nossos serviços.

0 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *